segunda-feira, 31 de maio de 2010


Estou sentada numa praça, minhas roupas informais formam um grande colorido, pessoas passam e me olham de uma forma estranha parece me julgar pela minha aparência, muitos olham e riem, mas não parecem rir da vida e sim de mim.
As únicas que se aproximam são as borboletas, parecem gostar do meu colorido... Ops! Eis que sinto algo em meu nariz, SIM! É uma borboleta, ela olha fixamente para mim, suas asas batem de forma suave, parece que quer me dizer algo, mas não consigo entender e ela se vai.
Então estico as mãos para espreguiçar-me e sentir melhor o ambiente qual estou e então voltam a pousar em minha mão, agora são duas borboletas e com olhares novamente fixos e um bater de asas suaves tento compreender o que elas querem dizer e por um súbito momento encontro respostas seus olhares dizem: ENSINO-LHE, e o bater suave de suas asas completam: A VOAR.


Dedicado a Bia e Deh, my butterflies!

7 comentários:

Menino de asas disse...

As borboletas nos ensinam q a vida é breve e q precisamos tirar os pés do chão pra ter alguns momentos de paz!


Obrigado por me seguir no blog


vamos caminhando juntos!

beijos,

André Henrique disse...

Mtu legal o texto, e a formatação do seu blog tbm esta mtu legal ^^

deh ramos disse...

aaaaaaaaaaah.. esqueci de dizer que AMEEI (aliás, vc já sabe disso ^^)

você escreve muito, muito bem, Jamy!

Natalia Muglia disse...

Texto lindo, profundamente lindo.
Me faz refletir sobre coisas da vida e é isso que eu amo.

Cantinho da andressa disse...

Adorei o texto, muito belo
estou seguindo teu blog, se puder segue o meu tbm-)
http://cantinhodeandressa.blogspot.com/

Meu Diário disse...

Adorei o texto, a borboleta e um sinal de paz, sorte e bem estar *-*

Bianca disse...

onw, muito lindo Mile, vc escreve bem! PARABÉNS!!! Muito obrigado por me considerar como sua borboleta. sou grata!!! =*